Páginas

terça-feira, 5 de abril de 2011

Amo pedalar na Holanda

Porquê? Porque aqui eu posso :]

Eu simplesmente acho o máximo andar de bicicleta pra todos os lados, sempre sonhei com isso. Quando eu era pequena tinha vontade de pedalar por vários lugares mas devido as circunstâncias no Brasil e que vcs sabem como são, não podia. Quando morava no Brasil, tinha vontade de ir trabalhar de bike, mas além de não ser seguro, já que lá não dispomos de pistas de ciclistas, ainda corria o risco de ser assaltada, fora o sol que nos tosta literalmente. Acho engraçado quando conto no Brasil que ando de bike por aqui, as pessoas fazem uma cara do tipo vixe! coisa de pobre!, ai eu vou explicar(nem sei porquê ainda me dou o trabalho) que todo mundo aqui anda de bike, que já vi pessoas saindo de suas mansões com bicicleta para ir ao supermercado, que é extremamente normal, tanto pobre como rico usam esse meio de "transporte", o que signfica dizer que, temos carro sim na garagem, mas valorizamos a bicicleta. Alguém me perguntou se eu não tinha medo de pedalar no meio dos carros e morrer e eu respondi que aqui nós não usamos a mesma pista dos carros, nós temos pista própria, as vezes de mão-dupla ou duas pistas de mão-única e na grande maioria das vezes existe um canteiro ou calçada que separa a pista dos ciclistas, dos carros. Temos semáforo próprio, inclusive o botãozinho de espera fica localizado no lado direito, mais atrás do semáforo e na altura da bike, o que permite com que nós permaneçamos montados enquanto esperamos pra atravessar a rua. O clima é frio, logo não seremos tostados pelo sol, porque é muito melhor pedalar no frio do que no calor com sol quente. Fora a vantagem de não pegar engarrafamento ou pagar e procurar estacionamento, se exercitar enquanto vai à uma consulta com o médico e etc, sensação de liberdade, segurança e leveza, eu acho muito gostoso pedalar nessas circunstâncias. Lógico que não estamos livres de sofrermos acidentes, se formos desatentos, tanto motorista quanto ciclista, pode acontecer sim, mas o número de acidentes é baixo em comparação com o tanto de ciclistas, existe uma política severa de proteção ao ciclista, ou seja, na realidade o motorista tem que se preocupar muito mais com o ciclista do que vice-versa, pois em caso de acidente, o motorista tendo culpa ou não, banca toda a assistência hospitalar e não é nada barato, coisa de 3 zerinhos nas cifras. O lado negativo dessa história é que quando vc está no carro, ou seja no lado oposto, as vezes vc cruza com ciclistas abusados e arrogantes, desses que se acham os reis da rua e acabam não respeitando as leis, já que eles(nós) têm proteção total do governo e o motorista que se dane, mas pode acontecer o contrário também, daí vêm os acidentes. Ainda bem que não são todos, eu por exemplo sou super cuidadosa, ando no meu limite, respeitando motoristas, ciclistas e todos os sinais.


Foto ao lado: Engarrafamento e minha pista lisinha, sem nenhum impedimento :), nessas horas penso lálálálálálá! XD

O que acho super interessante é a desenvoltura dos holandeses com a bike. Vcs podem não acreditar mas as holandeses podem carregar 4 crianças, bolsa de compras, cachorro do lado e um guarda-chuva, parece impossível, mas acontece. Não é uma situação isolada, vários holandeses fazem isso e é tudo na bike de duas rodas. Outra coisa que acho interessante são os velhinhos(as) aqui no meu prédio mesmo tem uma senhora de quase 70 anos que vai de bicicleta ao supermercado e volta com as comprinhas dela penduradas na bike, ela tem uma aparência super-saudável.

Os estacionamentos também são um caso à parte, em toda a minha vida, eu nunca tinha visto tantas bicicletas juntas, são milhares, um formigueiro de bicicletas, lembro que a primeira vez que vi, fiquei pasma, meu marido ria de mim, nunca estacionei nesses estacionamentos, pois geralmente estaciono onde o número máximo de bikes estacionadas não chega a 300. Tenho curiosidade de saber se depois que eu estacionar, se ainda vou achá-la no meio do formigueiro XD, mas ainda não tentei, tenho medo dos junkies(lugar preferido deles), viciados em drogas que roubam bicicletas pra vender por um preço de banana e comprar drogas, tá certo que a minha tem uma trava de segurança que é ativada por uma chave embaixo da sela, mas se eles encarnarem de levar, vai assim mesmo. Fonte da foto: http://ourchangingclimate.wordpress.com/

A gente acaba criando uma relação íntima com a bike da mesma forma que críamos com o carro, dá vontade de enfeitá-la e deixar mais turbinada XD. Existem alguns enfeites de flores artificiais, fica lindo, quer dizer... pra nós aqui, no Brasil isso seria brega

Olha ai a minha bike bem creuzona XD















Você escolhe aonde quer pedalar, do lado de um canteiro com flores...













ou embaixo de árvores...




















Motivo do engarrafamento.

4 comentários:

Angel disse...

Ai amiga, que máximo. Acho isso simplesmente um tudo. Só tem vantagens, porque você faz exercício, ajuda o meio ambiente, fora tudo o mais que você citou.
Em Luanda também não tenho muito por onde andar de bike, mas gostaria. Sinta-se uma felizarda por isso (também).
Tem um selinho para você no meu blog, tá bom?
Um beijo enormeeeeee amiga :)

Gisley Scott disse...

Nossa,com essa segurança e sinalização,pq não? E bike não é coisa de gente de periferia não...Ué, será que o povo já esqueceu que a Meg Ryan em "Cidade dos Anjos" era médica e ia pro hospital de bicicleta cortando a bela San Francisco ruas adentro?

Eu me sentiria super à vontade e super segura de andar de bike por aí...Já aqui( Jacksonville,FL), eles tem algumas sinalizações mas os carros não respeitam muito pedestres e ciclistas,então não arrisco,rs!

bjos

Housewife disse...

Que gostoso!!!

Aqui no Brasil é qse impossivel pedalar com tranquilidade, neh? =/


Beeejs,


noobhousewife.blogspot.com

Samia Passos disse...

Oi Ridy, obrigada pela visita e pelo comment lá no meu blog!!! Vim aqui no seu e adorei, muito lindinho e com assuntos interessantes, esse da bicicleta achei super interessante, mas fiquei chocada com os tais dos junkies... nossa, que pena, né!

Quanto ao seu comentário lá no meu blog, nossa, não sabia que a Dilma mandou tirar a Bíblia da sala dela!!! Eu já sabia que ela era uma pessoa sem religião, mas entre ela e aquele José Serra, eu achei melhor que fosse ela... se bem que a verdade é que eu acho que a gente não controla nada disso, muito pelo contrário, nós somos controlados e manipulados por algo muito maior por trás disso tudo! O mundo espiritual está a mil, Jesus está perto de voltar, agora mais que nunca, o tempo de satanás que já era curto está mais curto ainda então, muitas coisas estão por acontecer.

Nós temos mesmo só que orar pra que Deus tenha misericórdia de nós, não é mesmo?! Vejo que você gosta de morar na Holanda, que bom!!! Mais um caso de exportada que dá certo, fico super feliz em saber disso!!! kkkkk... é mais um estímulo pra mim... :)

Bjim... :)